segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Karate - 7ª Série


IDENTIFICANDO O KARATE

 

          O karate é praticado em um local chamado dojo e seus praticantes usam o gui,um quimono de algodão amarrado por uma faixa colorida (simboliza o nível de conhecimento do praticante) e uma calça de algodão.

 

          Atualmente, as técnicas do karate são divididas em três elementos:

 

          Kihon (técnica fundamental) – base, defesas, socos e pontapés;

 

          Katas (exercícios ou movimentos formais com “um ou dois inimigos imaginários”) – apresentam cinco características:

a)       Seqüência : movimentos e direção de golpes;

b)       Respiração: momentos de força (inspiração) e fraqueza (expiração);

c)       Combinações e tempo: seqüência de movimentos combinados que dão “vida” ao kata;

d)       Forma e significado: posição dos golpes (mãos e pés) e significado da intenção de cada movimento e;

e)       Os olhos: significa concentração, indica a direção de execução dos movimentos e golpes;

 

        Kumite (combate) – onde se utiliza as técnicas do kihon e dos katas.

 

           Os estilos ou escolas de karate apresentam diferentes combinações e aplicações das técnicas,utilizando força, velocidade e resistência, percebido na movimentação das mãos e dos pés. As condutas para a praticar o karate são baseadas no respeito mutuo. Alguns movimentos do karate assemelham-se a movimentos dos animais e sua relação com a natureza.

 

          Apresenta-se no quadro a seguir, algumas particularidades das cinco escolas ou estilos que constituem o karate moderno:Goju-Ryu, Shotokan,Shito-Ryu, Wado-Ryu e Shorin-Ryu. As diferenças entre os estilos estão relacionadas aos locais de origem.

 

 
Os estilos (escolas) de karate
 
 
Goju-Ryu: O estilo Goju-Ryu, cujo nome advém de go (força) e ju (flexibilidade), foi fundado pelo mestre Chojun Miyagi. É uma técnica que prima pelo bloqueio para dar mais rapidez ao ataque, e que exige muita resistência e força.
 
 
Shotokan: Criado pelo mestre Gichin Funakoshi, Shotokan significa “Academia de Shoto”.Shoto, em japonês, significa “pinheiro”, pseudônimo artístico utilizado pelo mestre Funakoshi. O estilo possui uma técnica de movimentação rápida, com chutes, golpes de ataque e defesa e utilização dos quadris. O equilíbrio é muito importante também neste estilo.
 
 
Shito-Ryu: O estilo Shito-Ryu, criado pelo mestre Kenwa Mabuni, é caracterizado por uma grande riqueza de movimentos (katas) , que combinam a velocidade e a agilidade, a força e a contração muscular.
 
 
Wado-Ryu: O estilo Wado-Ryu (estilo do caminho da paz), foi criado pelo mestre Hironori Otsuka e difere dos demais estilos por usar o mínimo de esforço, as imobilizações, as esquivas e os golpes de impacto com os membros, além dos arremessos e projeções. O bloqueio como técnica de defesa é transformado em movimento de ataque.
 
 
Shorin-Ryu: Idealizado por Sokon Matsumura, os preceitos deste estilo incluem respeito,cortesia, paz, fraternidade,dedicação, harmonia, justiça,união, humildade, paciência, otimismo, bom-senso, prudência,controle da violência e disciplina.
 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário